2 de dez de 2011

Há 50 anos Bob Dylan começava a gravar seu primeiro LP

Depois de ouvir Bob Dylan tocar gaita em uma sessão de gravação da cantora Carolyn Hester, o executivo e descobridor de talentos John Hammond conseguiu um contrato com a Columbia para um jovem de vinte anos e o levou direto para o estúdio, onde gravou um repertório típico do que ele apresentava nos Cafés do circuito folk nova-iorquino. 
Clique na foto
e veja a capa do disco ampliada
Era 03 de dezembro de 1961, 10 canções capturadas em cerca de três horas de trabalho. Tudo que Hammond precisava era do cantor e instrumentista, de um engenheiro de som e de si próprio. 
O custo? Apenas U$ 402, usando apenas dois microfones – um para o violão, outro para a gaita e o vocal.. Muitos fãs tradicionais só  ouviam esse LP em mono: a separação em estéreo é brutal, o vocal e a gaita passam a ocupar virtuais zonas de exclusão. A remasterização lançada em CD acrescenta um novo senso de presença. A capa traria uma fotografia de Don Hunstein de um Dylan com cara de garoto.
O disco que traria na capa apenas o seu nome seria lançado oficialmente em 19 de março de 1962.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...