11 de fev de 2011

Google e Facebook de olho no Twitter


Desde sua criação, em 2006, o Twitter se transformou em alvo preferencial dos gigantes da internet. A empresa, avaliada em 3,7 bilhões de dólares, levantou no ano passado mais de 200 milhões de dólares em investimentos e, segundo o grupo de pesquisas americano eMarketer, arrecadou 45 milhões de dólares em publicidade. Tal capacidade de atrair dinheiro fisgou a atenção de símbolos da web como Google e Facebook, que agora estudam formas de adquirir o microblog. A negociação poderia chegar a 10 bilhões de dólares, de acordo com o diário de negócios Wall Street Journal.
Segundo a publicação, as duas companhias já conversaram com os diretores do Twitter para analisar preços e condições de compra, mas nenhuma delas teria feito uma proposta interessante. O Google e o Facebook optaram por não se pronunciar sobre o assunto.
A reportagem do jornal diz ainda que, a despeito do assédio, executivos do Twitter trabalham para construir uma grande companhia independente. Ao menos por enquanto. A intenção seria alcançar os 100 bilhões de dólares antes de pensar na venda do serviço.
O microblog faz parte de uma safra de serviços on-line que ganharam popularidade em pouco tempo, a exemplo de Zynga, LinkedIn e o próprio Facebook. A expectativa dos investidores é que essas empresas ofereçam ações nas bolsas de valores, oferecendo uma fonte segura de lucro.
Apesar de tão valorizado, só a partir da metade de 2010 é que o Twitter começou a oferecer a empresas maneiras de veicular publicidade em seu site, utilizando a área conhecida como Trending Topics – que apresenta os temas mais populares do site. Agora, além dos assuntos citados pelos usuários, empresas também pode promover tags e produtos, desde que eles estejam acompanhando do ícone que aponta a condição de patrocínio.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...