6 de set de 2010

Texas (EUA) investiga sistema de buscas do Google.


O Google está sob a lupa. As autoridades do Texas conduzem uma investigação formal contra o gigante da internet por supostas práticas monopolistas na condução de buscas e publicidade na rede. A revisão – realizada pelo promotor do estado americano – tenta descobrir se o Google é neutro na hora de oferecer o resultado das buscas. Algumas empresas acreditam que o site deliberadamente as coloca no final da lista ou cobra taxas mais altas para anunciarem no portal. A companhia assegurou em seu blog oficial que sua prioridade é "oferecer resultados de busca e anúncios publicitários que sejam relevantes e úteis para seus usuários". E agregou: "Como nem todos os sites podem aparecer no alto nos resultados ou inclusive na primeira página, não é de estranhar que os sites menos relevantes e com menor qualidade não estejam satisfeitos com sua posição nos resultados". Além disso, o Google mostrou em seu blog que por trás da três empresas que apresentaram a queixa contra a companhia – myTriggers, SourceTool/Trade Comet e Foundem – estão os mesmos advogados que defenderam a Microsoft, um dos principais concorrentes do buscador. Em outro incidente, o Google se propôs pagar 8,5 milhões de dólares para encerrar uma ação sobre o Buzz. O serviço, lançado em fevereiro, permite aos usuários do Gmail construir uma rede social com base em seus contatos. Mas vários usuários do Gmail entraram com ações contra o Google dizendo que o Buzz violava sua privacidade. A soma que a empresa está disposta a desembolsar seria usada para pagar os advogados dos demandantes e como um donativo para organizações que defendem a privacidade on-line. Cada uma das sete pessoas que entraram com ação poderiam ficam com apenas 2.500 dólares. O acordo, além disso, inclui uma cláusula pela qual o Google se compromete a educar mais seus usuários em questões de privacidade para o Buzz. O documento ainda deve ser aprovado por um juiz. 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...