31 de ago de 2010

Zé Ramalho em uma versão para um clássico de Bob Dylan

Não pense duas vezes, tá tudo bem (Don't think twice, it's all right)

Não adianta se sentar e imaginar, não
Nem importa como for
Não adianta se sentar e imaginar, não
Você nunca se queixou

Quando o galo cantar, no quebrar da aurora
Olhe na janela, eu já estou indo embora
Você é a razão d'eu estar mundo afora
Não pense duas vezes, ta tudo bem
Não adiantará acnder a sua luz, não
Essa luz não tem clarão
Não adiantará acender a sua luz, não
Estou do lado da escuridão

Mesmo assim desejei que você dissesse
Algo para me fazer mudar, se quisesse
Mas a gente nunca se falou, nem se adianta meu nome chamar, não
Nem como nunca chamou
Não adianta meu nome chamar, não
Você nunca me escutou

Vou passando e pensando pelo caminho
Na mulher que amei e me tirou a calma
Lhe dei meu coração e ela quis minha alma

Nem pensei duas vezes, tá tudo bem


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...