7 de jul de 2010

Tributo ao mestre

Zé Ramalho faz homenagem a Jackson do Pandeiro em disco com releituras de xotes e forrós, que ganharam tempero especial na voz do paraibano. Canções dançantes são o forte do CD



EMI/Divulgação
O cantor e compositor paraibano Zé Ramalho entra no ritmo das festas juninas
Nos últimos anos, Zé Ramalho vem se dedicando a gravar discos de releituras de obras de compositores que marcaram sua vida. Com aquele jeito de profeta de voz grave, já lançou trabalhos dedicados a Bob Dylan (a quem foi comparado no início da carreira), Raul Seixas e Luiz Gonzaga. Essas três fontes da arte de Zé Ramalho ganham agora a companhia de Jackson do Pandeiro (1919-1982) e sua fabulosa fábrica de ritmos e bom humor. Pode até parecer uma vertente distante de canções como Avohai, mas Zé Ramalho não apenas conheceu bem o conterrâneo como sempre fez questão de incluir músicas dele em seus discos de carreira.

Zé Ramalho canta Jackson do Pandeiro traz 12 faixas, metade delas em gravações inéditas e as outras retiradas do acervo do cantor. Não são necessariamente canções de Jackson do Pandeiro, já que o artista era reconhecido exatamente por dar seu tempero a cocos, xotes e forrós de vários compositores. Zé Ramalho vai nessa toada: tenta reproduzir, com seu estilo pessoal, a inventividade do ritmo e das divisões do homenageado. O resultado é divertido e surpreendente: o menestrel está bem-humorado e mostra um balanço arretado.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...